04 dezembro, 2010

Estou começando a enveredar por "mares nunca dantes navegados"(sic!) ao projetar mobília. Sempre amei tudo que gira em torno da arquitetura mas não havia tido a oportunidade de desenhar, no campo da marcenaria, sequer um banquinho.
O que quero dizer é que estou gostando muito de adequar móveis a necessidades e espaços, não que isso seja um resumo do que seja design de interiores, mas é um desafio.
Fui convidado a fazer este pequeno espaço de trabalho para uma amiga. Pra falar a verdade minúsculo espaço de 1,70m de largura por 2,00m de fundo. Ainda tenho muito a aprender mas acho que com paciência eu chego lá.
A próposito quanto ao problema com pisos que eu falei no ultimo post, já achei bem melhor o resultado desse.

Até a próxima.

22 novembro, 2010

Loja de Variedades

Desenvolvemos esta loja com a preocupação de encaixar tudo que as proprietárias desejavam e era um bocado de desejo, dentro de um espaço bem limitado sem deixar a impressão de um lugar sufocante. Nesta vista interna nós vemos a esquerda, expositores em eucatex perfurado entrecortados com espelhos e ganchos para bijouterias. Sobre os móveis colocaremos caixas em acrílico vermelho para acessórios de moda. A direita prateleiras removíveis em vidro. O espelho grande no centro da moldura em gesso, esconde um pequeno depósito para caixas de sapatos. No centro temos uma pequena ilha com expositores de ambos os lados e aparadores para ofertas na frente. Ao fundo temos um pequeno espaço para demostração de maquilagens e a divisória espelhada que esconde a copa, banheiro e estoque. Os três pendentes no centro da loja não terão exatamente esse modelo (modelo este copiado de uma decoração feita pelo amigo arquiteto Fernando Padão) porque o modelo escolhido pelas proprietárias é de difícil modelagem e não deu tempo de entrar neste render. Quanto ao render ainda não gosto do resultado dos meus pisos. Ainda não descobri porque os frisos da cerâmica que na texturas são finíssimos, ficam tão largos no final.

28 setembro, 2010

Igreja II




Após alguns retoques no render desta igreja, estou postando novamente. As mudanças foram basicamente nas texturas, como: a alvenaria, as calçadas e o piso interno. Coloquei a mobília da nave para o contexto ficar mais completo.
Seguindo a dica da galera do sketchupbrasil diminui o specullar da cerâmica da fachada que estava estourando o brilho do sol.
O gramado recebeu um novo mapa de bits que deu um resultado mais satisfatório, mas ainda feito com o clip mapping.
Não coloquei nenhum global desta vez, o background foi todo montado na pós produção no Photoshop, inclusive as árvores e o detalhe da sombra no gramado.
Acho que agora ficou um pouco melhor mas ainda falta muito pra um cenário mais real.

Até a próxima.

23 setembro, 2010

Igreja I


Recebi a encomenda de fazer o 3D desta igreja que foi projetada em 2005, pela arquiteta Dirlanda Leite. Todas as texturas e cores foram indicadas pela arquiteta.
Não gostei muito do gramado que ficou muito repetitivo e a textura feita no clip mapping ficou meio estranha. A árvore pesou muita a renderização... mas gosto muito do toque que ela dá a cena.
Nunca tinha usado esse global para background e o escolhi pra esse render mais pela dinâmica das nuvens.
O motor de render foi o 06. PM Medium+AA do Kerkythea e levou 22 minutos para terminar.

Até breve!

04 abril, 2010

Trigêmeas

Primeiro render no motor 19-MLT do Kerkythea.

16 janeiro, 2010

Duplex no Quintas do Lago




Há uns três anos atrás eu desenhei esta casa para um amigo. Eu a achei linda e já tinha até feito uma modelagem sua mas nunca a havia renderizado. Dias desses passando meus arquivos mais antigos, me deparei com ela e resolvi então fazer um render, pra ver como ficava. Não caprichei muito porque o que eu queria colocar deixava o arquivo imenso e chegou a travar minha máquina. Mesmo assim ai está o resultado.

15 janeiro, 2010

Garagem e Área de Lazer

Modelagem no Sketchup

Renderizado no Kerkythea.
Estou com um problema com o KT. O soft shadow que deixa as arestas das sombras desfocadas e consequentemente mais real, está dando erro, por isso a luz parece tão forte nesta cena. Vou ter que reinstalar o KT.